Blog

homens-roncam-mais-que-mulheres.jpg
22/out/2021

Estima-se que um em cada três homens tenha problemas com ronco, enquanto que nas mulheres a proporção é de uma em cada cinco. Mas sim, existe uma explicação para isso é o médico otorrinolaringologista da clínica Otomax, Dr. Franzé Barros, explica o motivo.

De acordo com o médico da clínica Otomax, o fato de homens roncam mais do que mulheres tem a ver com algumas diferenças anatômicas e biológicas entre os dois corpos. “A garganta do homem é maior, por isso quando a língua bloqueia a garganta, ela não interdita toda a passagem de ar. E é exatamente essa não interdição completa que acaba provocando o ronco. Já nas mulheres, que – também convencionalmente – têm gargantas menores, a língua acaba interrompendo totalmente a passagem de ar, o que as faz acordar e não roncar”, explica Dr. Franzé.

Mas, segundo o médico, a questão anatômica é apenas uma das explicações, outras teorias dão conta que a idade, problemas musculares na região da garganta e a dimensão ou mecânica da faringe do homem também podem influenciar na causa do ronco.

Mas o que é o ronco afinal?

O ronco é produzido quando o palato – o famoso “céu da boca” –, a úvula, que é a parte de tecido na região superior da garganta ou a base da língua relaxam demais e bloqueiam as vias respiratórias. Naturalmente, a pessoa vai precisar fazer mais esforço para respirar, o que acaba provocando vibrações nos tecidos moles próximos às vias aéreas.

Alerta de perigo

Vale sempre lembrar que quando a barulheira é extrema e crônica, o ideal é procurar ajuda médica do otorrinolaringologista e realizar testes para verificar a sua qualidade de sono.

 

SERVIÇO

CLÍNICA OTOMAX

ONDE: Rua Desembargador Lauro Nogueira, 1500, salas 1813 a 1816. RioMar Trade Center (integrado ao Shopping  RioMar Papicu). Segunda a sexta, de 9h às 20h. Sábados, de 9h às 13h.

CONTATO:+55 85 3121-6778 / 2180-9880


04/abr/2018

apneia do sonoConhecida como apneia do sono. O ato de roncar pode, sim, ser um dos sinais de que você está sofrendo de Apneia Obstrutiva do Sono

Paradas da respiração durante o sono caracterizam a apneia do sono. Podendo ser do tipo obstrutiva, central ou mista. Existe um exame que poderá fazer esta diferenciação: é a POLISSONOGRAFIA.

Este exame, como o próprio nome sugere, é o registro de diversas variáveis do organismo do paciente, com a finalidade de diagnosticar distúrbios relacionados ao sono.

Mas repare: nem todo mundo que ronca tem apneia do sono! Isso é importante a gente frisar, pois podemos impedir que um paciente RONCOPATA (aquele que apenas ronca) evolua para uma síndrome mais complexa, conhecida por SÍNDROME DA APNEIA OBSTRUTIVA DO SONO (apneia do sono).

Então, não fique na dúvida! Procure já seu médico e descubra se você tem apneia ou não e inicie o quanto antes um tratamento adequado, afinal, dormir bem é qualidade de vida!

 

Dr. Franzé Barros de Oliveira
CRM 11.793 CE


logo-branca

Endereço: R. Des. Lauro Nogueira, 1500 - Papicu, Salas 1813 a 1816 / Fortaleza - CE, 60175-055

Entre em contato

85 2180-9880

Marque sua consulta

Otomax ® - 2022 - Todos os direitos reservados

Diretor Clínico: Dr. Franzé Barros de Oliveira (CRM 11793)